Há muito tempo se faz necessária uma atualização na tabela do imposto de renda. No último ano, houve muita especulação sobre uma possível mudança na tabela do imposto de renda 2020 e uma pequena chama de esperança reacendeu.

Mas afinal, a que pé anda essa mudança? Será que ela pode acontecer ou não? É isso que você confere no artigo a seguir, além de dicas de como declarar o imposto de renda 2020 sem cair na malha fina. Fica até o final e boa leitura!

Tabela do imposto de renda 2020

Declaração do imposto de renda 2020

Devem enviar a declaração de IR para o Leão, os contribuintes que se encaixarem nos seguintes critérios:

  • Contribuintes que em 2019 receberam rendimentos isentos, não-tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma tenha sido superior a R$ 40 mil;
  • Quem obteve, em qualquer mês de 2019, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas;
  • Quem teve, em 2019, receita bruta em valor superior a R$ 142.798,50 em atividade rural;
  • Quem tinha, até 31 de dezembro de 2019, a posse ou a propriedade de bens ou direitos de valor total superior a R$ 300 mil;
  • Quem passou à condição de residente no Brasil em qualquer mês do ano passado e nessa condição encontrava-se em 31 de dezembro de 2019;
  • Quem optou pela isenção do imposto incidente em valor obtido na venda de imóveis residenciais cujo produto da venda seja aplicado na aquisição de imóveis residenciais localizados no país, no prazo de 180 dias, contado da celebração do contrato de venda.

Portanto, se o contribuinte faz parte deste grupo, é hora de estar preparado para a entrega da declaração de IRPF 2020. Neste ano, a data final é 30 de junho, o prazo foi prorrogado devido a pandemia do COVID-19 (Novo Coronavírus).

Os lotes de restituição vão sair mais cedo e diminuir a quantidade a partir deste ano. Uma das novidades para este ano envolve os lotes de restituição que de 7 passam para 5 lotes e a data de entrega começa a partir de 30 de maio. Confira o calendário completo abaixo:

LoteData
1º lote 29/05
2º lote 30/06
3º lote 31/07
4º lote
28/08
5º lote 30/09

Tabela do imposto de renda 2020

A tão sonhada correção na tabela de alíquotas do IR, não aconteceu este ano. Isso significa que se levarmos em consideração a inflação e o aumento do salário mínimo, mais contribuintes vão ter que declarar o imposto de renda 2020.

Não era isso que grande parte dos brasileiros esperavam, mas nada de desaminar, estamos em período de declaração e o certo agora, é ir preparando-se para o IRPF 2020 da melhor maneria. Por isso, relembre o valor da tabela de alíquotas do imposto de renda que está vigente:

Base de Cálculo (R$)Alíquota (%) Dedução do IRPF (R$)
Até 22.847,76--
De 22.847,77 até 33.919,80 7,51.713,58
De 33.919,81 até 45.012,60 154.257,57
De 45.012,61 até 55.976,1622,57.633,51
Acima de 55.976,17 27,510.432,32

Que tal fazer diferente nesta declaração?

Fazer a declaração sozinho dá uma sensação de insegurança, afinal, quem nos garante que todas as informações foram inseridas do jeito correto, ou ainda, quem garante que não iremos cair na malha fina.

Somente fazendo uma análise da declaração do imposto de renda, o contribuinte tem total segurança nas informações que estão sendo enviadas para a Receita. Isso porque, o avançado sistema de análise captura todos os erros e inconsistências da declaração apontando um a um e informando ao contribuinte.

Conheça o IR sem Erro, a única plataforma de análise da declaração de IRPF que usa tecnologia para proporcionar mais segurança no momento da entrega. Veja o que podemos fazer por você!

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Kezia Amaro

Produtora de conteúdo no IR sem Erro.

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo protegido :D