Se de última hora você percebeu que alguma coisa estava errada na sua declaração de IRPF 2020, fique sabendo que ainda é possível corrigir estas informações através da declaração retificadora. Mas afinal, até quado retificar o imposto de renda 2020?

É exatamente isso que você vai conferir no artigo abaixo, além da data mostramos como fazer a declaração retificadora para evitar a temida malha fina.

retificar o imposto de renda 2020

Como retificar a declaração de IRPF 2020?

O processo é mais simples do que o contribuinte imagina e em poucos passos é possível retificar sua declaração. Confira a seguir um tutorial bem simples.

Primeiramente o contribuinte deve ter em mãos o recibo da última declaração, mas se já retificou anteriormente basta informar o número de recibo mais recente.

Após isso o contribuinte deve abrir a declaração que deseja retificar e selecionar a opção “Declaração Retificadora”, onde irá preencher o número do recibo.

Com tudo preenchido é só começar a alterar ou acrescentar as informações e retificar a declaração de imposto de renda 2020.

Tudo feito e concluído? Então o último passo é enviar a declaração retificadora novamente para a Receita Federal, que vai conferir se está tudo certo.

Quando retificar o imposto de renda 2020?

De modo geral o contribuinte pode retificar o imposto de renda 2020 assim que perceber o erro ou a informação incompleta presente na declaração.

Visite o sitePowered by Rock Convert

Mas se o caso for diferente e o contribuinte só perceber as inconsistências algum tempo depois da entrega, não tem problema também.

Segundo o que consta nas regras da Receita é possível retificar uma declaração de imposto de renda até 5 anos após ela ter sido entregue ao órgão oficial.

A única possibilidade em que não será possível retificar o imposto de renda é se o status da declaração na Receita constar como “Em análise”, a partir dai nenhuma informação poderá ser modificada ou incluída.

Um dica para não cair na malha fina

Apesar da declaração retificadora servir para corrigir os erros ou incluir informações, ainda sim o contribuinte está propenso a cair na malha fina, mesmo com as alterações feitas.

Isso por que nada garante que as informações retificadas seguem as novas regras que a Receita incluiu no imposto de renda daquele ano, o que pode levar o contribuinte a ser retido na malha fina.

Por isso é importante que o contribuinte tome algumas providências antes de enviar de vez a declaração retificadora e consequentemente se prevenir de qualquer risco.

A melhor solução é analisar a declaração retificadora do imposto de renda 2020. Através da são identificados todos os possíveis e imperceptíveis erros presente na declaração que podem ser motivos de malha fina.

O contribuinte recebe um relatório completo do que está certo, errado ou incompleto na declaração retificadora, como também dicas e soluções para melhorar as informações.

A analise é feita na Plataforma IR sem Erro, a única disponível para o contribuinte pessoa física não cair na malha fina. Entenda mais sobe o IR sem Erro e também o que a gente faz pra você.


Kezia Amaro

Produtora de conteúdo no IR sem Erro.

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo protegido :D