O governo, em meio ao cenário de pandemia que estamos enfrentando, decidiu pela prorrogação do Imposto de Renda, ou seja, mudou o prazo final que seria abril/2020 e permitiu mais dois meses para o contribuinte se organizar.

Ao que tudo indica, a prorrogação do Imposto de Renda de fato foi necessária, até o final de maio pouco mais da metade dos contribuintes haviam entregue a declaração. Isso totaliza, em média de, 16 milhões de contribuintes que já fizeram.

Acompanhe aqui os prazos pós prorrogação e como agilizar o processo da sua declaração 2020. Boa leitura!

Imposto de Renda 2020

O governo estipula receber em 2020, cerca de 32 milhões de declarações. Por conta do cenário de pandemia causado pelo Covid-19 que resultou em isolamento social, algumas medidas para facilitar a vida do contribuinte forma tomadas. Visto que, por conta de tudo isso muitas pessoas relataram dificuldade em contatar profissionais de contabilidade para fazer a declaração.

Para 2020 o governo tirou a exigência que havia de informar o número do recibo da declaração anterior, antecipou lotes de restituição e acrescentou dois meses no prazo para a entrega.

Qual a data após a prorrogação do Imposto de Renda?

Depois de anunciada a prorrogação, a data para entrega passou a ser de março/2020 até junho/2020. O contribuinte pode enviar a declaração até 23:59 do dia 30/06/2020.

Importante ressaltar que, o prazo foi prorrogado devido à um cenário de pandemia e que em outros anos, sempre finalizou em dois meses após a abertura. Logo, melhor não nos acostumarmos com essas facilidades que o Leão permitiu, ao que tudo indica, foi uma grande exceção.

Visite o site

Por isso, se ainda não fez sua declaração e faz parte do time de outros 16 milhões de contribuintes, anote as nossas dicas e não perca tempo durante esse processo.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.

Arquive seus documentos no IR Sem Erro

Primeira coisa que te faz perder tempo na hora de declarar IPRF, e não há prorrogação que dê conta disso, é organizar um monte de extratos, recibos de pagamento, RG, CPF de todo mundo, contas, documentos de carro, da casa… Enfim, a organização dos documentos é um ponto primordial.

Comece então subindo todos seus arquivos para o IR Sem ERRO, deixe todos seus documentos arquivados em um só lugar e sem risco de esquecer em qual pasta, pen drive ou HD está guardado. O app te permite armazenar documentos, seus e de toda família.

Organize despesas e despesas dedutíveis

Nem tudo o que o contribuinte gasta ao longo do ano é um tipo de despesas dedutíveis. Importante de saber isso é que, além de não precisar juntar um monte de recibo pra subir no IR Sem ERRO, você pode usar as despesas dedutíveis a seu favor e aumentar sua restituição, ou apenas pagar menos imposto. Como?

Sabia que previdência privada existem dois tipos: VGBL e PGBL? Um deles te permite deduzir até 12% da base de calculo do Imposto de Renda, o outro não. Assim como alguns gastos de tratamento estético são considerados despesas dedutíveis. Enfim, informe-se bem sobre isso e se não conseguir melhorar sua declaração para esse ano, já se organize para o exercício seguinte.

Atenção ao prazo, otimize tempo!

Se o assunto aqui é prorrogação do Imposto de Renda, otimização de tempo é fundamental. Já falamos sobre documentos e como armazená-los de forma mais prática e rápida mas pensando em temos poucos menos de um mês para entregar a declaração, cuidado com o que pode acontecer se deixar para última hora:

  • erro no sistema da Receita (muitos contribuintes online ao mesmo tempo pode sobrecarregar o sistema);
  • problemas com sua tecnologia (ninguém sabe quando o computador ou celular pode parar de funcionar, considere isso) e;
  • pagamento de multa (se alguma coisa acontecer e você não entregar, tem multa).

Foram bons motivos para não deixar para a última hora? Então anote a nossa última dica para otimizar tempo: conheça uma plataforma para analisar sua declaração antes da entrega. Sim, já é possível fazer isso com o IR Sem ERRO.

Gostou desse artigo? Assine nossa newsletter e mantenha-se informado sobre dicas e prazos de Imposto de Renda!


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo protegido :D