Meu resumo de vida adulta é ler um passo a passo para declarar Imposto de Renda. Sim, se você está procurando sobre isso é porquê obrigações tributárias bateram em sua porta, ou porquê tem bons motivos para fazer isso, como pleitear a aprovação de um visto para outro país por exemplo.

Seja lá qual for o motivo real, preparamos para você esse guia completo para iniciantes, assim, você pode tentar sanar as principais dúvidas e seguindo no passo a passo, declarar seu Imposto de Renda sem erros. Quer ver? Prepare o seu PC e continue lendo esse artigo.

Boa leitura!

1. Baixe o Programa da Receita Federal

Antes de iniciarmos o processo de declaração, é necessário baixar o programa no site da Receita. Há alguns anos era necessário que o contribuinte baixasse dois programas, um para preencher a declaração e outro para envio. Entretanto, graças a tecnologia evoluir, agora você consegue fazer todo o processo com um programa só.

É possível optar pelo programa para sistema de celular ou computador logo, o contribuinte pode escolher qual plataforma melhor se adéqua ao seu estilo de vida. Então após baixar e instalar o programa, vamos abri-lo e seguir para o passo 2.

2. Selecionar o tipo de declaração

Ao abrir o programa verá essa tela (abaixo). Você precisa selecionar o tipo de declaração. Se for a primeira vez que está fazendo, muito provável que seja o tipo “Declaração de Ajuste Anual”, pois o tipo final de espólio é para encerrar a vida fiscal de algum contribuinte falecido e a de saída definitiva do país, o próprio nome já diz.

Também tem a opção de utilizar as informações prévias da declaração do ano anterior, abrir um arquivo de declaração pré-preenchida e inciar a declaração em branco. Ao selecionar “Iniciar Declaração em Branco” você deve informar o CPF e nome completo do contribuinte.

3. Dica de ouro da Receita

Resolvi chamar essa etapa, que ocorre apenas como um aviso em sua tela, como: dica de ouro da Receita. Por quê? Porque nesse momento o leão te informa que você pode tranquilamente preencher toda a sua declaração para depois escolhe qual o tipo de tributação deseja: completa ou simplificada.

Uma das grandes dúvidas de todo contribuinte, principalmente iniciante, é entender qual tipo de tributação escolher, se faz a declaração no modelo completo ou simplificado. Porém, na prática isso é muito mais simples de resolver. No final do preenchimento você pode, pelo quadro comparativo, decidir por qual modelo será melhor para o seu bolso.

Se chegou nessa tela, selecione “OK” e seguimos para o próximo passo.

4. Informações pessoais do contribuinte e dependentes

São tantas as coisas quando a gente abre o programa que pode causa uma leve falta de ar, é normal. Mas vamos com calma, primeira a coisa a saber é que: você só deve clicar no menu ou preencher informações que você tem a oferecer, o resto não lhe cabe.

Ou seja, tem muita coisa na interface do programa como “Dívidas e Ônus“, “Espólio” e várias outras que talvez nem se aplique a sua situação. Então vamos começar pelo começo e o que é comum à todos.

Informe todos seus dados completos, conforme solicitado e caso você tenha dependentes (veja aqui quem pode ser considerado como um) preencha também os dados dele no menu “Dependentes” bem abaixo de “Identificação do Contribuinte”.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

5. Organize suas informações e inicie o preenchimento

O que aconteceu no exercício anterior que influencia na Receita: compra de ações, dívidas altas, contratação de consórcio, todos os valores que você recebeu ao longo do ano, despesas dedutíveis (veja aqui quais são), de adquiriu um bem ou vendeu… Enfim, para começar organize todos os documentos de coisas que influenciaram sua vida financeira no ano passado e na dúvida se isso deve ser declarado ou não, pode consultar aqui.

Aconselhamos que comece o preenchimento pela seguinte ordem:

  1. informe tudo o que recebeu: pegue todos os comprovantes de salário ou comprovantes de renda que tenha nome da fonte pagadora, valor bruto, décimo terceiro, valor descontado da previdência e valor de férias. Se recebeu valor de pessoa física como aluguel, ou outras transações. também deve ser informado;
  2. informe tudo o que pagou: veja se todos os seus gastos e preencha o valor pago e os dados das fontes que receberam esses valores. Os gastos com os dependentes, também devem ser informados aqui;
  3. informe seus bens: casa, carro e na dúvida do que tanto pode ser considerado como bem, confira aqui;

No geral, a maioria dos contribuintes informam essas questões. Mas cada um tem sua vida e suas particularidades, impossível detalharmos perfeitamente caso a caso. Por isso, aconselhamos que tire suas dúvidas pontualmente sobre cada assunto em nosso blog.

6. Verifique as pendências e submeta sua declaração para uma análise antes do envio

Lembra a dica de ouro sobre a tributação? Esse é o momento, depois de preencher tudo você faz a opção pelo tipo de tributação:

Entretanto, antes de selecionar o “Entregar Declaração” você precisa clicar em verificar pendências, após isso acesse no seu computador:

  1. Disco Local;
  2. Arquivos de Programas RFB;
  3. IRPF;
  4. aplicação;
  5. dados;
  6. abra a pasta com o seu CPF;
  7. selecione o arquivo com extensão “XML” (arquivo do rascunho).

Acesse o IR Sem ERRO, faça o upload da declaração na plataforma. Após análise o sistema irá apontar possíveis pontos de erro ou informações que possam estar em campo errado, assim minimiza chances de você cair na malha fina e te ajuda a alinhar a declaração.

7. Finalizando o passo a passo para declarar Imposto de Renda

Pronto! Depois de analisar seu rascunho e verificar as pendências, já pode voltar lá no programa de Receita e clicar em “Enviar declaração”.

Importante: salve seu comprovante de entrega e a sua declaração, ela será muito útil para o próximo ano.

Gostou desse artigo? Assine nossa newsletter e recebe em primeira mão informações sobre tudo que envolve Imposto de Renda. Mantenha-se sempre bem informado!

Cadastre-se agoraPowered by Rock Convert

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo protegido :D