A tal esperada correção da Tabela do Imposto de Renda não aconteceu para esse ano, mas tivemos boas novidades nos lotes de restituição. O contribuinte poderá receber o dinheiro um pouco antes do que na declaração do ano passado.

Restituir Imposto de Renda soa como música para os ouvido, não é mesmo? Pagar imposto o ano inteiro e conseguir receber o retorno de uma parte dele é muito bom, ainda mais quando há mudanças que nos beneficiam nesse retorno. Esse ano o Leão está mais bonzinho!

Continue lendo esse artigo e veja aqui tudo sobre restituição, quais as novidades e algumas dicas de como aumentar esse valor.

Boa leitura!

Veja como fica o cronograma de restituição

Lote Data
1º lote29/05
2º lote30/06
3º lote31/07
4º lote28/08
5º lote30/09

Quais as novidades nos lotes de restituição?

As novidades de restituição para 2020 são que os lotes começarão a ser pagos em maio, nos últimos anos de Imposto de Renda, os valores eram pagos apenas em junho. A previsão para primeiro pagamento é no final do mês de maio.

Em coletiva, o Ministro Paulo Guedes falou sobre a antecipação dos lotes, por conta da pandemia de coronavírus no país, mas não citou se pretende antecipar ainda mais esse valor, vamos acompanhar.

A segunda novidade nos lotes é que serão apenas 5 lotes, ou seja a possibilidade de você receber a restituição antes do prazo de costume, é real.

Visite o sitePowered by Rock Convert

Como receber a restituição?

A restituição do Imposto de Renda será depositada na conta informada na declaração. Os dados de conta podem ser de conta corrente individual, conta conjunta ou conta poupança. A Receita não autoriza que o pagamento seja feito em conta de terceiros.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

É possível alterar a conta indicada?

Sim, o contribuinte pode alterar a conta indicada ou corrigir algum número digitado errado entretanto, esse procedimento só pode ser feito se seu CPF ainda não está incluso em nenhum dos lotes de restituição.

Todavia se seu CPF já foi incluso não há mais como alterar nenhum dado, o valor irá para a conta indicada ou ficará disponível para saque no Banco do Brasil mediante apresentação do seu CPF. O valor fica disponível por um ano, se não for retirado, volta para a Receita Federal.

Como receber a restituição morando no exterior?

Seguindo orientações da Receita Federal:

O declarante no exterior deve indicar a conta bancária de sua titularidade, em qualquer banco no Brasil autorizado pela RFB a efetuar a restituição.

Caso o declarante não tenha conta no banco do Brasil, deverá nomear um procurador para receber o valor por ele. Para isso, o procurador deve comparecer em alguma agência do Banco do Brasil, munido de procuração pública e documento com foto.

Como aumentar o valor da restituição de IRPF?

Garantir que o contribuinte terá restituição, é impossível. Mas, damos aqui algumas dicas que podem ajudar o contribuinte a aumentar o valor da restituição, ou apenas pagar menos imposto. Algumas delas são:

  1. Previdência Privada – PGBL
  2. Autônomos declararem despesas do livro-caixa
  3. Não fazer declaração em conjunto
  4. Despesas médicas
  5. Manter atualizado o valor do seu imóvel

Essas são algumas possibilidades que podem reduzir o prejuízo causado pelo Leão, confira aqui nosso artigo completo sobre 5 dicas para pagar menos Imposto de Renda e saiba como cada uma dessas opções podem te ajudar.

Gostou do artigo? Então assine nossa newsletter e mantenha-se sempre informado sobre IR!


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo protegido :D