O imposto de renda retido na fonte (IRRF) é a principal obrigação tributária da pessoa jurídica. Isso significa que, a pessoa jurídica tem obrigação de reter do beneficiário da renda, o imposto correspondente que, por sua vez, fica estabelecido conforme o Regulamento do Imposto de Renda, recolhido pela Receita Federal.

Neste artigo você esclarece as principais dúvidas sobre o imposto de renda retido na fonte. Então, para saber o que é e como funciona o cálculo do IRRF, continue lendo este artigo.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

O que é imposto de renda retido na fonte?

O IRRF é a sigla para Imposto de Renda Retido na Fonte. Trata-se da uma antecipação do pagamento Imposto de Renda cobrado pela Receita sobre o salário do trabalhador com carteira assinada. Por sua vez, o desconto é obrigatório e mensal, sendo feito diretamente no salário do trabalhador.

Dessa forma, a base de cálculo, ou ainda a renda tributável, como também é conhecida, é o montante da renda ou dos rendimentos tributáveis de uma pessoa física.

Veja abaixo como é feito o cálculo do IRRF de acordo com o regulamento vigente para o recolhimento.

imposto de renda retido na fonte - calculadoras

Como calcular imposto de renda retido na fonte?

Primeiramente, é importante saber que o IRRF  é retido diretamente no salário da pessoa física. Além disso, para o cálculo do imposto de renda retido na fonte há uma tabela progressiva de alíquotas da Receita Federal.

Para fazer este cálculo, então, é preciso ter em mente alguns números, por exemplo:

Para calcular o imposto de renda retido na fonte é essencial saber qual será o desconto através da contribuição para o INSS. O valor descontado, por sua vez, varia entre 8% e 11%. 

Após a subtração do valor de contribuição para o INSS, sobre esse resultado será calculado o valor do IRRF.

Também é preciso ter em mente que o número de dependentes afeta o cálculo. Isso porque, para cada dependente o valor de R$ 189,59 mensais é deduzido.

Então, o cálculo do IRRF será sobre o valor bruto do salário, descontado o INSS e descontado dependentes. Feito isto, chegamos ao valor do imposto de renda retido na fonte. 

Exemplo de cálculo de IRRF

Para exemplificar, tomaremos por base um contribuinte com 1 dependente e salário mensal bruto de R$ 2.900,00. Por exemplo:

1º passo – subtrair a quantia destinada ao INSS:

  • R$ 2.900,00 x 11% = R$ 319,00.
  • Base de Cálculo para o IRRF: R$2.900,00 – R$ 319,00 = R$ 2.581,00.

2º passo – subtrair da base de cálculo a quantia que corresponde aos dependentes, por exemplo:

  • R$ 2.581,00 – R$ 189,59 = R$ 2.391,41.

3º passo – descontar a alíquota conforme a porcentagem da tabela progressiva. Assim, para o salário de R$ 2.900,00 será utilizado a alíquota de 7,5% e um desconto de R$ 142,80:

  • R$ 2.391,41 x 7,5% = R$ 179,36.
  • R$ 179,36 – R$ 142,80 = R$ 36,56.

Assim, ao valor a abater destinado ao IRRF, será de R$ 36,56. Por outro lado, para o cálculo sobre o salário líquido basta aplicar:

  • R$ 2.900,00 – R$ 319,00 – R$ 36,56 = R$ 2.544,44.

Tabela do imposto de renda retido na fonte

Base de Cálculo (R$) Alíquota (%) Dedução do IRRF (R$)
Até R$ 1.903,98
De R$ 1.903,99 até 2.826,65 7,5% R$ 142,80
De R$  2.826,66 até R$ 3.751,05 15% R$ 354,80
De R$ 3.751,06 até 4.664,68 22,5% R$ 636,13
Acima  4.664,69 27,5% R$ 869,36

Consulta imposto de renda retido na fonte

A consulta da Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte deve ser feita diretamente no site da Receita Federal ou do Portal e-CAC. Através desse acesso, é possível visualizar a relação das últimas declarações e informações sobre a entrega.

E então, ficou mais alguma dúvida? Entre em contato com a equipe do IR sem Erro para esclarecer outras questões. Ademais, conte pra gente o que achou desse artigo no campo de comentários abaixo. Por fim, não deixe de compartilhar nas redes sociais!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *