Gastos com pós-graduação podem ser deduzidas no IRPF 2020. De acordo com as regras da Receita Federal, o contribuinte pode abater do imposto de renda as despesas com educação de nível infantil – creches e pré-escolas -, fundamental, médio e superior – mestrado, doutorado e especialização.

O estudante que está em processo de pós-graduação só quer notícias boas e um pouco de sossego, afinal, é é um momento onde requer mais dedicação e foco aos estudos e só de pensar em IRPF dá aquele arrepiozinho. Ainda mais, quando não se sabe ao certo se os gastos com pós-graduação são dedutíveis ou não.

Para você ficar mais tranquilo e sem neuras sobre o assunto, neste artigo o IR sem Erro te conta tudo sobre os gastos dedutíveis ou não, como proceder no caso da pós-graduação e de quebra algumas dicas para pagar menos IRPF. Boa leitura!

Gastos com Pós-Graduação são Dedutíveis ou não no IRPF

Quais são os gastos dedutíveis?

De acordo os critérios da Receita Federal, listamos os principais itens dedutíveis do imposto de renda 2020:

  • saúde;
  • educação;
  • dependentes;
  • pensão alimentícia.

Quais são os rendimentos isentos?

Além das despesas dedutíveis, existem os rendimentos isentos. Apesar da condição de isenção, não se engane: também devem ser declarados no IRPF, na aba específica. Os itens considerados rendimentos isentos são:

  • auxílios e benefícios;
  • reembolso  de viagens;
  • apólices de seguros;
  • parcela isenta da aposentadoria.

Enquanto isso, os rendimentos tributados diretamente na fonte são:

  • 13º salário;
  • multas por rescisão de contratos;
  • prêmios de loterias;
  • rendimentos de CDB, Tesouro Direito e alguns fundos;
  • títulos de capitalização.

Gastos com Pós-Graduação são Dedutíveis?

Assim como outros gastos educacionais, a pós-graduação se enquadra em despesas dedutíveis. Assim, seguindo as regras da Receita, também pode ser deduzida do IRPF. O limite dedutível é de R$ 3.561,50.

Os custos de educação visto como dedutíveis pelo Leão, são os seguintes:

  1. à educação infantil, compreendendo as creches e as pré-escolas;
  2. ao ensino fundamental;
  3.  ao ensino médio;
  4. à educação superior, compreendendo os cursos de graduação e de pós-graduação (mestrado, doutorado e especialização);
  5. à educação profissional, compreendendo o ensino técnico e o tecnológico.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Como fica a declaração no caso de pós-graduação feita no exterior?

Não muda muita coisa, ainda sim, é possível fazer a dedução da pós-graduação feita no exterior na declaração do Brasil. Contudo existem regrinhas, todos os documentos obtidos durante a pós-graduação feita no país em questão devem estar devidamente traduzidos para o Português por um tradutor juramentado. De resto é só partir para o abraço.

Podem ser deduzidos apenas os valores relativos a despesas de instrução, em estabelecimentos de ensino regular, comprovadas por meio de documentação hábil, observados os requisitos e o limite previstos na legislação.

Os pagamentos efetuados em moeda estrangeira devem ser convertidos em dólares dos Estados Unidos da América, pelo seu valor fixado pela autoridade monetária do país no qual as despesas foram realizadas, na data do pagamento e, em seguida, em reais mediante utilização do valor do dólar dos Estados Unidos da América, fixado para venda pelo Banco Central do Brasil para o último dia útil da primeira quinzena do mês anterior ao do pagamento.

Aquisição dos materiais acadêmicos pode ser deduzido?

Para fazer a pós-graduação é investido uma grana danada, principalmente, quando falamos da compra de materiais acadêmicos. Mas infelizmente o dinheiro gasto com a compra de livros, enciclopédias e materiais técnicos não podem ser deduzidos na declaração de imposto de renda.

Entram nesta lista também, gastos com moradia, alimentação transporte até o local de ensino etc, nenhum destes itens podem ser deduzidos.

Existem gastos com educação que não são dedutíveis?

Nem tudo que envolve educação pode ser considerado dedutível. Exemplos? Temos. Confira os itens que não são dedutíveis, mesmo sendo gastos com educação:

  • cursos de idiomas em geral;
  • custos com TCC;
  • transporte até a unidade de estudo;
  • ballet, tênis, natação, ginástica e demais atividades esportivas;
  • cursinho pré-vestibular.

Além de se dedicar aos estudos, tire um tempo para se preparar para o imposto de renda e declarar tudo certinho, sem aqueles riscos chatos de cair na malha fina, aliás, é bom separar os documentos para deixar tudo ok!

Quer se preparar para o imposto de renda do jeito certo e sem dar bobeira? Veja a lista completa de documentos para IRPF e garanta uma declaração sem malha fina!


Kezia Amaro

Produtora de conteúdo no IR sem Erro.

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo protegido :D