O preenchimento da declaração do Imposto de Renda 2019 pode ser feito de duas maneiras: O modelo simplificado e o completo.

Dentre os tipos de declaração disponíveis, veja nesse artigo quais os benefícios que a declaração simplificada possui e se ela se encaixa para você. Boa leitura!

Powered by Rock Convert

O que é a declaração simplificada?

No modelo de declaração simplificada, o contribuinte substitui todas as deduções no modelo completo pelo desconto simplificado de 20% dos rendimentos tributáveis na declaração. Com um teto que varia anualmente.

Inclusive, sem a obrigação de comprovar os desembolsos deduzidos. No IR de 2019, esse desconto de 20% está limitado a R$ 16.754,34.

Mas quem faz a declaração precisa estar atento, pois nem sempre é vantajoso optar pela declaração simplificada.

Quando fazer uso da declaração simplificada?

Quem tem dependentes, paga previdência privada na modalidade PGBL, tem despesas médicas, odontológicas e gastos com plano de saúde, precisam fazer uma análise do imposto de renda, antes de optar pelo desconto de 20%.

Na maioria das vezes, estes contribuintes poderão ter uma restituição maior ou por outro lado um menor imposto a pagar. Caso optem pelo modelo completo (que permite as deduções com médicos, hospitais, dentistas, planos de saúde, PGBL, dependentes, INSS retido, etc.)

Declaração Simplificada

Como escolher qual declaração fazer?

Simplificado

Para quem tem poucas despesas para deduzir. Utiliza-se um desconto padrão de 20% sobre todos os rendimentos tributáveis recebidos ao longo do ano anterior. 

Pode ser usado por qualquer contribuinte, independente do tamanho da renda total ou do número de fontes pagadoras.

Completo

Para quem possui dependentes e tem muitas despesas para deduzir, como gastos com saúde e educação.  É preciso informar detalhadamente todos os gastos, além de guardar os comprovantes.

Se a soma total das deduções não exceder R$ 16.754,34, o programa do IR fará a migração automática das informações para o modelo simplificado.

Powered by Rock Convert


Henrique Mattos

Produtor de conteúdo no IR sem Erro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *