Há alguns dias, o Brasil, bem como o restante do planeta, está enfrentando um cenário de pandemia por conta do novo Coronavírus. Os efeitos na economia e outros setores já são percebidos, com isso, já surgem rumores sobre se haverá efeito do Coronavírus em relação ao Imposto de Renda.

O Governo já fez algumas publicações sobre possíveis alterações nos lotes de restituição, entretanto especula-se outras medidas. Quer saber como fica sua prestação de contas com o Leão em tempos de pandemia? Continue lendo esse artigo e tire todas suas dúvidas.

Boa leitura!

Efeito do Coronavírus no Imposto de Renda: o que muda?

Até o presente momento a Receita Federal não se pronunciou sobre o assunto, ou seja, ainda não se fala sobre adiar os prazos de entrega ou sobre algum tipo de mudança nos procedimentos que já foram publicados. O prazo para entrega da declaração encerra no dia 30 de abril às 23:59.

Todavia, o Ministro da Economia Paulo Guedes, disse em coletiva que o Governo estuda possibilidades de antecipar os lotes de restituição, visando estimular a economia. O prazo para a restituição do primeiro lote esse ano já foi antecipado para maio, mas é bem provável que ocorram mudanças novamente.

Sobre o prazo, já se foram 18 dias desde o início da liberação para envio da declaração, aconselhamos que os contribuintes não fiquem aguardando noticias sobre prorrogação de prazos, mas que já façam a declaração o quanto antes, afinal, se houver adiantamento dos lotes de restituição, você poderá receber antes do esperado.

Para isso, siga nossas orientações e pequeno check list para não correr riscos com o Leão.

Você está de Home Office? Aproveite e otimize seu tempo

Uma das coisas mais comuns por esses dias de prevenção é que, grande parte da população não irá se deslocar para o local de trabalho, mantendo-se em casa como medida de segurança contra o risco de contaminação.

Já pensou que do limão podemos fazer uma limonada?

Muitas pessoas estão de home office, pois podem fazer seu trabalho de casa, mas, é grande o número de casos de quem não tem como fazer seu trabalho remoto e da mesma forma, está de quarentena dentro de casa.

Tanto para o primeiro caso quanto para o segundo, ganhamos no mínimo o tempo de ir de casa para o trabalho ( caso do home office ) pois não há deslocamento para trabalhar. Já, quem se enquadra no segundo caso, nem se fala, sobrou tempo mesmo…

Visite o sitePowered by Rock Convert

Agora pense que, com apenas uma pequena fração desse ganho de tempo, você pode até economizar seu próprio dinheiro.

Pois é exatamente isso que você pode conseguir se investir parte desse tempo para fazer sua declaração de imposto de renda com mais tranquilidade.

Tem mais ainda, e é aí que pode estar o seu ganho: quando terminar de fazê-la, você ainda pode submeter a uma análise digital com objetivo de eliminar erros que possam te levar à malha fina ou até pagar menos imposto de renda.

Falaremos disso mais ao final desse artigo.

Quem deve declarar Imposto de Renda?

  • Quem recebeu mais de R$ 28.559,70 de renda tributável no ano (salário, aposentadoria ou aluguéis, por exemplo);
  • ganhou mais de R$ 40 mil isentos, não tributáveis ou tributados na fonte no ano (como indenização trabalhista ou rendimento de poupança);
  • teve ganho com a venda de bens (casa, por exemplo);
  • comprou ou vendeu ações na Bolsa;
  • recebeu mais de R$ 142.798,50 em atividade rural (agricultura, por exemplo) ou tem prejuízo rural a ser compensado no ano-calendário de 2018 ou nos próximos anos;
  •  era dono de bens de mais de R$ 300 mil;
  •  passou a morar no Brasil em qualquer mês de 2019 e ficou aqui até 31 de dezembro;
  •  vendeu um imóvel e comprou outro num prazo de 180 dias, usando a isenção de IR no momento da venda.

Se você se enquadra em uma dessas situações, não perca tempo e já separe todos os documentos necessários. Confira aqui quais são os documentos.

Atenção: não perder tempo não significa fazer a declaração com pressa. 

Muito cuidado e atenção antes de enviar os dados para a Receita, não há motivo para pânico, faça com atenção e utilize recursos para te ajudar no processo de correção, toda ajuda é sempre bem-vinda!

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Quais recursos posso utilizar no processo de Imposto de Renda?

A tecnologia existe para facilitar nossa vida, então, vamos falar de recursos que podemos utilizar para facilitar o processo de declaração do Imposto de Renda.

Com o efeito Coronavírus no Imposto de Renda, é comum que as datas de declaração sejam colocadas em segundo plano e quando menos percebemos, o fim do prazo chegou!

Para otimizar seu tempo, indicamos que utilize uma plataforma para arquivar seus documentos, assim quando precisar consultar algum extrato ou informe de rendimentos, estejam todos arquivados em um único lugar. Acredite, isso te dá uma enorme economia de tempo.

Outra dica que te damos, é utilizar software para otimizar a sua declaração. Já imaginou conseguir entender todos os pontos do seu rascunho e conseguir dicas de como pagar menos imposto? Sim, isso já é possível.

Por último e não menos importante, recomendamos uma plataforma online que faz a análise do rascunho da sua declaração. A análise mostra quais os pontos de possível conflito e chances de malha fina, tudo de acordo com a regras atualizadas da Receita Federal.

Anotou tudo? O IR Sem Erro está de olho em todas as informações para te entregar sempre o conteúdo atualizado. Fique de olho em nossos próximos artigos, qualquer novidade iremos comunicar!

Categorias: IR newsIRPF

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo protegido :D